Cia. Docas inaugura novo acesso ao Porto | Diário do Porto


Portos

Cia. Docas inaugura novo acesso ao Porto

Cia. Docas inaugura novo portão de acesso ao Porto do Rio. Obra no Caju está apta a receber fluxo de até 2,6 mil veículos por dia

23 de novembro de 2021

Novo portão vai facilitar acesso de veículos e cargas ao Porto (divulgação/Cia Docas)

Compartilhe essa notícia:


A Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) inaugurou o mais moderno portão rodoviário ao Porto do Rio de Janeiro. O novo acesso está localizado no final da Rua General Sampaio, no bairro do Caju. Trata-se do Novo Portão 32, projetado para receber o tráfego rodoviário proveniente da Avenida Portuária, dimensionada para o fluxo de 2.600 veículos por dia. A obra, que durou nove meses, foi executada e custeada com recursos próprios da Docas do Rio, totalizando um investimento na ordem de R$3,8 milhões.

A solenidade contou com a presença de representantes da Autoridade Portuária, das empresas arrendatárias dos terminais e operadores portuários e da Associação Brasileira dos Usuários dos Portos, de Transportes e da Logística (Logística Brasil). Durante a cerimônia do corte da faixa, o diretor-presidente da Docas do Rio, Francisco Antonio de Magalhães Laranjeira, agradeceu o esforço conjunto de todos os envolvidos no projeto e ressaltou que “o Novo Portão 32 é uma grande conquista para todos os usuários do Porto do Rio de Janeiro e mais um passo para a melhoria da infraestrutura de acesso terrestre”.

Portão 32 agiliza acesso ao Porto

O novo acesso abrange uma área total de 9.368 m², sendo 153m² de área construída, mais 720m² de cobertura de proteção nos ‘gates’. A estrutura é aparelhada para atendimento aos veículos rodoviários, com instalações modernas para a Guarda Portuária, pavimentação e sinalização novas e, principalmente, quatro ‘gates’ reversíveis com dimensões suficientes para manobras dos caminhões e com tecnologia e automatização para facilitar a dinâmica de entrada e saída do porto, com agilidade e segurança, de forma organizada, evitando filas e congestionamentos.


LEIA TAMBÉM:

Rio de Janeiro lança Conferência Rio2030

Relatório da CPI dos Royalties é aprovado pela Alerj

Setor de serviços confia na melhora da economia