CCBB Rio homenageia 95 anos de Ariano Suassuna | Diário do Porto


Evento

CCBB Rio homenageia 95 anos de Ariano Suassuna

Homenagem ao importante poeta e dramaturgo nordestino acontece no CCBB Rio e promete ter muita música e palestras

31 de maio de 2022

Homenageado pelo CCBB Rio, Ariano Suassuna foi um grande expoente da arte nordestina (Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil)

Compartilhe essa notícia:


O Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro (CCBB Rio) promove uma série de eventos gratuitos em homenagem ao dramaturgo, romancista, ensaísta, poeta, professor e advogado, Ariano Suassuna. O evento ocorre entre os dias e 13 de junho e usa como gancho o aniversário de Suassuna, que acontece no dia 16 de junho, data em que o poeta completaria 95 anos. Os ingressos podem ser obtidos em no site “Eventim” ou na bilheteria do CCBB.

Grande defensor da cultura do Nordeste brasileiro, o dramaturgo iniciou em 1970, no Recife, o “Movimento Armorial”, interessado no desenvolvimento e no conhecimento das formas de expressão populares tradicionais nordestinas. Aproveitando esse grande projeto de Suassuna, que terá um exposição no CCBB, serão realizados também cinco encontros musicais com curadoria da equipe de consultores da mostra e cinco palestras “Conversas sobre Arte Armorial”.

Além desses dez eventos, Manuel Dantas Suassuna, filho de Ariano, apresentará no dia 8 de junho a Aula Espetaculosa – do Mendigo ao Pintor. A apresentação estabelece conexão entre as apresentações musicais e os encontros. A aula tem a participação especial de Isaar França, cantora que participou das famosas aulas-espetáculo de Ariano Suassuna. Essas atividades acontecerão somente no Rio de Janeiro.


LEIA TAMBÉM

Madureira receberá R$ 1,5 milhão para ações culturais

Leituras secretas de escritores desprezados pela crítica

Retrofit do Hotel Glória anima moradores e comerciantes


O evento promete muita música e palestras sobre o Nordeste, tão amado por Suassuna. Importantes grupos musicais premiados no Brasil e no exterior, como o “Quinteto Paraíba”, estarão presentes na homenagem. Mas não só de música se baseia a festa, conversas sobre a xilugravura popular nordestina e as características da pintura armorial também serão trazidas à tona por professores e pesquisadores da área.

 


/