Casa França-Brasil tem sessões de cinema grátis | Diário do Porto

Cinema

Casa França-Brasil tem sessões de cinema grátis

O Cineclube Rio de Telas, na Casa França Brasil, é um projeto da Secretaria de Cultura e Economia Criativa que estimula o acesso ao cinema nacional

15 de janeiro de 2020
A Despedida e Rinha são alguns dos sucessos que os cariocas poderão assistir gratuitamente (DiPo)

Compartilhe essa notícia:


Programa BBG: bom, bonito e gratuito. O Cineclube Rio de Telas volta a ocupar a Sala Rio 40º, na Casa França-Brasil, com uma programação totalmente 0800. O projeto é da Superintendência Audiovisual da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, estadual, que exibe os filmes sempre às terças-feiras, em dois horários: às 12h20 e às 16h.

Na última terça, 14, foi exibido o filme A Despedida , protagonizado por Juliana Paes e Nelson Xavier, em um de seus últimos trabalhos no cinema. Com direção de Marcelo Galvão, a narrativa acompanha um almirante de 92 anos, que sente que o fim de sua vida está próximo. Por isso, decide se despedir de tudo e todos. Ele também deseja desfrutar daquele que pode ser seu último prazer: uma intensa noite de amor com Fátima, sua amante de 37 anos.


LEIA TAMBÉM:

Pré-vestibular comunitário abre inscrições no Santo Cristo

Moinho Fluminense entra em 2020 sem futuro definido

MPF diz que Cedae polui a Baía de Guanabara


A atração para a próxima terça, 21 de janeiro, é o longa metragem Quart4b, também do diretor Marcelo Galvão. Na história, uma professora primária, o diretor, o zelador e quinze pais estão reunidos na mesma sala para discutir um tabu: o que fazer ao encontrar drogas com um aluno de 10 anos? A partir disso, acusações, intrigas e muitas revelações vêm à tona enquanto cada um deles tenta proteger a própria família. No elenco estão Christiano Cochrane, Marcos Bao e Marcos França.

No encerramento do mês de janeiro, dia 28, a Sala Rio 40º vai exibir o Rinha, com os personagens centrais interpretados por Anna Ludmilla, Alexandre Tigano e Anna Korby. A ação transcorre em um submundo da cidade de São Paulo, flagrando um “negócio” que dá dinheiro para muita gente: as rinhas. Os pequenos clubes de luta-livre atraem vários homens ricos querendo apostar uma grana alta em disputas ilegais entre homens pobres, que precisam lutar e ganhar uns trocados para sobreviver.

A Despedida
Nelson Xavier interpreta um senhor de 92 anos que decide cumprir uma série de pendências afetivas antes da morte (divulgação)