Câmara vai debater patrocínio do Carnaval de Rua 2022 | Diário do Porto


Carnaval

Câmara vai debater patrocínio do Carnaval de Rua 2022

Câmara Municipal analisa documento criado pela Prefeitura para empresas interessadas em patrocinar Carnaval de Rua em 2022. Isso se o Covid deixar

9 de setembro de 2021

Câmara irá debater caderno de encargos do Carnaval de Rua 2022 (divulgação)

Compartilhe essa notícia:


A Comissão Especial do Carnaval da Câmara Municipal do Rio realiza nesta sexta-feira uma audiência pública para discutir o caderno de encargos do Carnaval de 2022. Isso se as novas variantes do coronavírus permitirem a realização da festa. O evento acontece de forma virtual com transmissão ao vivo pelo Youtube da Rio TV Câmara. A comissão é presidida pelo vereador Tarcísio Motta (PSOL).

Lançado pela Prefeitura do Rio no final de agosto, o caderno de encargos é um chamamento público organizado pela Prefeitura para selecionar propostas de patrocínio do carnaval, com ênfase no suporte de infraestrutura para os desfiles dos blocos de rua. Segundo Motta, o caderno lançado para o carnaval de 2022 privilegia as empresas em relação à cidade. Por isso precisa de ajustes.

“O caderno de encargos foi o meio escolhido pela prefeitura para acumular recursos para organizar o Carnaval. Portanto, ele não deveria prever o que é conveniente para a empresa ganhadora da concorrência, mas atender às necessidades de ordenamento urbano e garantir os direitos dos trabalhadores e artistas que fazem a folia acontecer”

Câmara reúne frente ampla do Carnaval de Rua

Até o momento, estão confirmadas as presenças de representantes da Riotur, do Conselho Municipal de Política Cultural do Rio de Janeiro, da Federação de Blocos Afro, das ligas Sambare, Carnafolia, Coreto, a pesquisadora Anna Cecilia Bonan e representantes dos trabalhadores do comércio ambulante, como o Movimento Unidos dos Camelôs (Muca) e a Garagem Delas.


LEIA TAMBÉM:

Nova Iorque é o destino dos vencedores do Prêmio Visão Consciente

Rio será centro do Bicentenário da Independência

Novo Lance! de olho no Porto Maravilha