Evento

Cais do Valongo receberá quase R$ 2 milhões dos EUA

Único vestígio do desembarque de 1 milhão de africanos escravizados nas Américas, local receberá obras de conservação, financiadas pelo governo americano

20 de novembro de 2018
Cais do Valongo, patrimônio cultural da Humanidade (Foto: Rosayne Macedo)

Compartilhe essa notícia em sua rede social:
Cais do Valongo
Pelo Cais do Valongo, no Rio, estima-se que passaram quase 1 milhão de escravos (Foto: Alexandre Macieira/Riotur)

Patrimônio mundial da Humanidade, o Cais do Valongo, na Zona Portuária, vai receber 500 mil dólares (quase R$ 2 milhões) em recursos do governo dos Estados Unidos. O monumento, reconhecido em julho de 2017 pela Unesco como o maior porto de africanos escravizados nas Américas, vai passar por algumas obras de melhorias para que possa receber turistas nacionais e estrangeiros.

O apoio americano ao projeto será anunciado oficialmente nesta quarta-feira (21), às 10h, durante cerimônia no local, em celebração ao Dia da Consciência Negra, lembrado nesta terça (20). Na ocasião, serão detalhadas as obras de conservação e consolidação do sítio arqueológico do Cais do Valongo.  O projeto é financiado pelo Fundo dos Embaixadores dos EUA para a Preservação Cultural.

Vão participar do ato Scott Hamilton, cônsul geral dos EUA no Rio de Janeiro; Ricardo Piquet, diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG) – que administra o Museu do Amanhã; Nilcemar Nogueira, secretária municipal de Cultura do Rio de Janeiro; e Mônica da Costa, superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no Rio.

O local é considerado o único vestígio material do desembarque de cerca de 1 milhão de africanos escravizados nas Américas, e tombado recentemente pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac). De acordo com o IDG, esta é a primeira grande intervenção no local desde a obtenção do título e tem, entre outros objetivos, a missão de difundir o seu valor histórico.

Já na sexta-feira (23), em seminário no Museu de Arte do Rio (MAR), o Cais do Valongo será oficialmente anunciado pela Unesco como Patrimônio Mundial da Humanidade. Da Gamboa para o mundo. O seminário vai tratar d a gestão inovadora do espaço, compartilhada entre Prefeitura do Rio, Unesco e Iphan. (veja mais detalhes aqui).

 VEJA MAIS:

Cais do Valongo ganhará iluminação cênica

Valongo, patrimônio da Humanidade: o que foi feito?

Um ano como patrimônio cultural da Humanidade

Patrimônio mundial da cultura negra sob risco

Lançamento do projeto de conservação do Cais do Valongo

Data: 21 de novembro (quarta-feira)

Horário: 10h

Local: Cais do Valongo – Av. Barão de Tefé, s/n – Saúde

Compartilhe essa notícia em sua rede social: