Cabo Frio exigirá teste de Covid-19 para turistas | Diário do Porto

Turismo

Cabo Frio exigirá teste de Covid-19 para turistas

Hotéis e pousadas de Cabo Frio devem exigir testes negativos para receber os hóspedes. Medida entrará em vigor dia 11

7 de janeiro de 2021
Turistas de Cabo Frio terão que apresentar o teste negativo (foto: Carlos Erbs/Ministério de Turismo)


Compartilhe essa notícia:


A partir da próxima segunda-feira (11), a Prefeitura de Cabo Frio, na Região dos Lagos, passa a exigir que os turistas que queiram entrar na cidade apresentem teste de covid-19 feito há menos de 72 horas com resultado negativo. A regra foi publicada no Diário Oficial do município.

ODecreto nº 6.434 atualiza as normas municipais publicadas no dia 21 de dezembro, após a cidade receber milhares de pessoas na virada do ano e registrar aglomerações na Praia do Forte, mesmo sem queima de fogos oficial.

A decisão impacta, diretamente, trabalhadores do setor de turismo. Para eles, será obrigatória a apresentação de exame para testagem da covid-19 de todos os passageiros, motoristas e guias. Os testes exigidos podem ser do tipo rápido IGM/IGG ou do tipo SWAB, com pesquisa de antígeno ou por RT-PCR. Este último deve trazer expresso a terminologia “não detectado” para liberar a pessoa.

Caso alguém apresente resultado positivo, ou não tenha o teste em mãos, o veículo não poderá entrar na cidade e todos os passageiros terão que retornar para o local de origem.

Hospedagem

As hospedagens podem funcionar com até 75% de capacidade, e também serão obrigadas a exigir o teste negativo para receber o hóspede. Os estabelecimento terão que enviar à prefeitura, diariamente, um relatório dos checkins e check-outs realizados, com cópia dos testes da covid-19.

O decreto prevê também a fiscalização preventiva e in loco, feita por uma comissão do Departamento de Vigilância Sanitária, além de barreiras de controle e prevenção à covid-19, organizadas pelas secretarias de Mobilidade Urbana e de Segurança.

A região da Baixada Litorânea está com risco moderado para covid-19, sendo que a taxa de testes positivos está em vermelho. Segundo os dados da Secretaria Estadual de Saúde, a cidade está com ocupação de 76% dos leitos de UTIs reservados para a doença e registrava, até ontem (6), 5.029 casos e 229 óbitos por Sars-Cov-2.


LEIA TAMBÉM

Inteligência Artificial é o novo petróleo do Rio

Feriados: veja lista de 2021 e se planeje com a vacina

CDLRio aponta queda recorde no comércio do Centro