BioParque do Rio abre para o público na segunda-feira (22/3) | Diário do Porto

Entretenimento

BioParque do Rio abre para o público na segunda-feira (22/3)

Depois de reformar as instalações do antigo zoológico, o BioParque do Rio apresenta mais de 1.000 animais em locais sem grades ou jaulas

18 de março de 2021
No BioParque, o espaço chamado de Vila dos Jacarés (foto: Prefeitura do Rio / Beth Santos)


Compartilhe essa notícia:


O BioParque do Rio, o antigo Jardim Zoológico, será aberto ao público na próxima segunda-feira (22/3), com novas instalações, nas quais será possível observar mais de 1.000 animais, de 140 espécies, em uma área de 60 mil m² quadrados, na Quinta da Boa Vista, na Zona Norte.

A atração remodelada funcionará, diariamente, das 9h às 17h. A venda de ingressos avulsos começará no próprio dia 22 e ocorrerá exclusivamente pelo site do parque. A entrada custa R$ R$ 39,75, com meia a R$ 19,87. Quem quiser aderir ao programa de sócio anual, garantindo acesso ilimitado ao parque pelo período de um ano, vai pagar um valor único de R$ 80, podendo incluir até sete dependentes a R$ 60, cada.

O espaço terá a capacidade reduzida e vai cumprir todos os protocolos sanitários de higienização, para seguir as determinações da Prefeitura contra a pandemia da Covid-19. A direção do BioParque recomenda que as visitas sejam programadas com antecedência.

O prefeito Eduardo Paes, que participou, na manhã de hoje (18/03), da cerimônia de inauguração do BioParque do Rio, lembrou que a concessão do zoológico para a iniciativa privada foi feita em 2016, durante sua gestão anterior na Prefeitura.

Fotogaleria: conheça os animais que estão entre as atrações do BioParque

“Quero dizer para o grupo Cataratas e para aqueles que acreditam na parceria do setor privado com o público que nós vamos fazer muito mais no Rio, é só o início. Essa concessão é um orgulho”, disse o prefeito.

Entre as principais atrações do BioParque estão áreas como a Ilha dos Primatas, a Savana Africana, a Vila dos Répteis, o Jardim de Burle Marx e a Alameda Macaco Tião. O visitante irá ver de perto o leão Simba, o tigre William, a elefanta Koala e o casal de hipopótamos Bocão e Tim, além de araras azuis, jacarés-do-papo-amarelo e muitas outras espécies.

Confira o circuito de visitação do BioParque

Os ambientes do antigo zoológico passaram por uma reformulação completa. Para separar os animais dos visitantes, foram instaladas barreiras naturais e também físicas, mas sem grades ou jaulas.

O BioParque é administrado pelo grupo Cataratas, que no Rio administra também o AquaRio, o Centro de Visitantes Paineiras e o acesso ao Cristo Redentor.


LEIA TAMBÉM:

Gamboa de Portos Abertos tem música, dança e teatro

Pandemia não desvalorizou imóveis no Rio. Veja ruas mais caras

Cassinos: legalização é prioridade no Congresso