Baobá floresce na Ilha do Governador | Diário do Porto


Artigo

Baobá floresce na Ilha do Governador

Neste Artigo, Wagner Victer fala sobre a flor do Baobá que surgiu recentemente no Moneró, na Ilha do Governador, e convida a todos a apreciarem sua beleza

27 de novembro de 2021

Baobá floresce raramente, descreve Wagner Victer (foto: Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


Wagner Victer*

A flor do Baobá tem um desabrochar que acontece muito raramente! Ela só surge em poucos períodos num intervalo de muitos anos e muitas vezes as pessoas não conseguem observá-la ou cultuá-la, até porque é uma árvore considerada sagrada.

O Baobá, de origem africana, vive mais de mil anos e foi popularizado por Saint Exupéry no clássico livro “O Pequeno Príncipe” e no desenho animado “Madagascar”.

Temos aqui no Corredor Esportivo, no Moneró, na Ilha do Governador, um Baobá plantado há muitos anos. Fizemos um mutirão recentemente para que cerca de 20 mudas fossem retiradas, e estamos plantando novos Baobás para o futuro.

Hoje, sábado, dia 27 de novembro, esse Baobá floresceu. Recebi essa informação do meu amigo, seu Hilário, que toma conta como voluntario de um bosque onde os moradores daqui da Ilha do Governador apoiam e plantam diversas árvores!

A flor é linda e ainda não desabrochou plenamente. Aparece como um pêndulo, sobre a pista de caminhada. É a flor da esperança e da vida! Uma flor mágica e vale a pena ver a foto que acabo de tirar.

Essa flor só ficará ali no máximo dois dias! Dizem que quem abraça o Baobá e vê a sua a flor tem a pessoa querida e amada para o resto da vida.

Convido a todos que gostam de fotografia para irem ao Corredor Esportivo, no Moneró, com suas câmeras e celulares, para registrarem e eternizar a linda flor do Baobá e essa emoção. Vamos postar em nossas redes essa beleza!

*Wagner Victer é engenheiro, administrador, jornalista e mora na Ilha do Governador


LEIA TAMBÉM:

Brasil ganha Libertadores. Uruguai é campeão em questões sociais

Comissão da Alerj quer adiar novo leilão da Cedae

Cassinos: Câmara pode aprovar volta ainda neste ano