Aumenta procura por 'marido de aluguel' no Rio | Diário do Porto


Empreendedorismo

Aumenta procura por ‘marido de aluguel’ no Rio

No 1º semestre, plataforma registra maior procura por montador de móveis, fretes, marido de aluguel e eletricista. Saiba mais sobre o famoso ‘faz-tudo’

5 de agosto de 2021

Crise e pandemia fizeram crescer o número de "maridos de aluguel" no Rio (divulgação)

Compartilhe essa notícia:


Dados de 2020 da Consumoteca, consultoria voltada para padrões de consumo, inovação e cultura, apontam que 55% das pessoas de maior poder aquisitivo no Brasil fizeram alguma mudança em casa durante a quarentena. Além disso, 39% das famílias de classe C também reformaram as residências. Um reflexo disso é a maior procura por serviços domésticos, especialmente de montador de móveis, fretes, ‘marido de aluguel’ e eletricista.

De janeiro a junho de 2021, na cidade do Rio de Janeiro, os serviços mais contratados foram: montador de móveis (23%), fretes (16%), marido de aluguel (11,8%), eletricista (11,8%), encanador (8,9%) e ar-condicionado (7,2%), como mostra um levantamento doTriider, maior plataforma de serviços gerais do Brasil.

O site ou aplicativo permite contratar mais de 50 modalidades como frete, encanador, elétrica, montador de móveis, marido de aluguel, entre outros, facilitando a busca por profissionais especializados em pequenas e grandes reformas. Já são mais de 8 mil profissionais cadastrados no serviço. Em processo de expansão, o Triider adquiriu a operação brasileira do aplicativo espanhol Habitissimo, em julho de 2021. Juntas, as empresas cobrem todo o território nacional.

Marido de aluguel: um bico que cresce na pandemia

O famoso “faz tudo” é um profissional que pode ajudar a resolver os mais variados problemas domésticos – desde serviços mais simples, como a instalação de uma cortina – até demandas mais complexas, como reparo de vazamentos hidráulicos, por exemplo. A profissão também tem crescido como alternativa de renda para muitos brasileiros e cariocas que perderam seus empregos desde o início da pandemia de Covid-19.

Em 2020 houve grande aumento de empresas em formato MEI (Microempreendedor Individual). Hoje, de acordo com o Governo Federal, elas representam 56,7% das firmas ativas no Brasil atualmente. Os números mostram que o brasileiro está explorando diferentes formas de ganhar dinheiro.

Uma boa parte de quem procura pelos serviços do ‘marido de aluguel’ é formada por mulheres que vivem sozinhas, trabalham em home office ou são independentes, mas ainda não conseguem resolver pequenas tarefas domésticas, como instalar quadros e prateleiras, entre outras. Mas é preciso ficar atento aos serviços. Pela alta demanda, muitos profissionais não estão aptos ao trabalho.

“Após fazer uma pintura geral no apartamento, contratei os serviços de um ‘marido de aluguel’ para pendurar quadros, prateleiras e cortinas, mas ele chegou muito fora do horário, cobrou caro e não fez muito bem o serviço. Uma das prateleiras já caiu”, contou Fátima de Oliveira, moradora da Tijuca. Como ‘lição aprendida”, ela faz algumas recomendações para quem prefere não usar aplicativos. “Pesquisar mais nos grupos de bairros de Facebook e Whatsapp, pedir indicações e cobrar orçamento antes do serviço para não ter surpresas desagradáveis na hora de pagar”.

Plataforma Triider oferece mais de 8 mil profissionais cadastrados para serviços domésticos (Créditos: Divulgação Triider)

 

 


LEIA TAMBÉM:

Alerj cria Frente por desenvolvimento no pós-pandemia

Se Covid deixar, Porto terá seu primeiro Réveillon oficial

Prêmio Visão Consciente tem inscrições até 22 de outubro


O que faz um marido de aluguel?

A gama de serviços prestados por um marido de aluguel é muito variada e, justamente por isso, pode atender às mais variadas necessidades em uma casa ou apartamento. Entre os principais trabalhos oferecidos estão:

Serviços hidráulicos: instalação de torneiras, conserto de vazamentos simples, troca de sifão, desentupimento de vaso sanitário, limpeza de caixa d’água, entre outros;

Serviços elétricos: instalação de tomadas e interruptores, troca de lâmpadas, instalação de chuveiros elétricos, instalação de ventiladores de teto, instalação de luminárias, entre outros;

Reparos e instalações: montagem e desmontagem de móveis, instalação de suporte para televisão, colocação de quadros, instalação de eletrodomésticos (como máquinas de lavar roupas ou louças), entre outros;

Serviços de pedreiro: pintura de paredes ou azulejos, limpeza de lajes, assentamento de pisos e muitos outros.

Lembre-se sempre de alinhar com o profissional escolhido quais serviços serão prestados e confirme se ele realmente é capacitado para realizá-los. Isso garantirá a segurança e a entrega do trabalho acordado.

Custo-benefício

Muitas pessoas buscam o serviço de um marido de aluguel porque, além da praticidade, o custo-benefício compensa para o cliente. Isso acontece porque, muitas vezes, é possível resolver diversos pequenos reparos com apenas um profissional, ao invés de contratar pessoas diferentes para os serviços.