Alerj entra na campanha do Outubro Rosa | Diário do Porto


Política

Alerj entra na campanha do Outubro Rosa

Iluminação especial no histórico Palácio Tiradentes marca início do mês de conscientização sobre prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama

30 de setembro de 2021

Palácio Tiradentes se "vestiu” de rosa para mês de prevenção à doença (Julia Passos/Alerj)

Compartilhe essa notícia:


Um ato nas escadarias do Palácio Tiradentes, antiga sede da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), na noite desta quinta-feira marcou a abertura do Outubro Rosa, cujo objetivo é conscientizar as mulheres sobre a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo do útero. O prédio histórico ficará iluminado na cor da campanha durante o mês todo em adesão da Casa à ação, que este ano tem como tema: ‘Cuido de mim, cuido de todas’.

Deputadas da bancada feminina da Alerj cobraram a intensificação das ações por parte do governo para o enfrentamento do câncer de mama, que é o que mais afeta as mulheres, depois do câncer de pele. Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, a deputada Enfermeira Rejane (PCdoB) chamou a atenção para a necessidade de incentivar a retomada dos exames regulares e cuidados com a saúde.

“Queremos convocar a sociedade para essa luta que é de todos. Com a crise sanitária provocada pela Covid, mais de 800 mil mulheres estão com a mamografia atrasada no País. Agora, já estamos vacinando, mas é preciso urgentemente ter um programa que traga essas mulheres para realizarem o exame. Muitas chegam em fase terminal pela não realização do diagnóstico precoce”, relatou Rejane.

 

Bancada Feminina da Alerj cobra ações do governo estadual para enfrentamento e combate ao câncer de mama (Julia Passos/Alerj)

Ainda segundo a deputada, a Secretaria de Estado de Saúde informou à Comissão que o mamógrafo móvel, que circulava em várias cidades do Estado do Rio, está sem licitação. Ela ainda sugeriu que o Instituto Nacional do Câncer (Inca) funcione como um hospital para cirurgias de câncer de mama. O Rio é a segunda unidade da federação com o maior número de casos e mortes pela doença.

Presente ao ato, a subsecretária estadual de Políticas Públicas para Mulheres, Glória Heloiza Lima da Silva, ratificou a relevância da campanha. Ela disse contar com o olhar humanizado do governador para atender às demandas apresentadas pelas deputadas e ficou de levar as pautas aos demais secretários, inclusive o de saúde. Heloíza também revelou que sua mãe faz tratamento contra o câncer de mama há quase cinco anos: “Estou sofrendo na pele, a dor bateu na minha porta, mas existe vida além do câncer”.


LEIA TAMBÉM:

Rio ganha Museu do Pontal

Tecnologia de ponta para sistemas de água e esgoto

Vai ter Carnaval em 2022?


Outubro Rosa na Alerj

Em 2021, a campanha contará com diversas atividades coordenadas pela Comissão na Alerj. Na nova sede, na Rua da Ajuda, haverá caixas de coleta para o recebimento de doações de lenços, perucas e outros acessórios a serem distribuídos a instituições de apoio às mulheres que enfrentam a queda de cabelos por conta do tratamento quimioterápico contra o câncer.

SERVIÇO

Programação

14/10 – 18:00 horas – virtual

LIVE : “Os Direitos Sociais das Mulheres com câncer” – Doutora Ana Cláudia – INCA II; Dr. Jacir Balen – Mastologista e Diretor do Instituto de Ginecologia da UFRJ

21/10 – 18:00 horas – virtual

LIVE : “Prevenção para Todes ” – Dra. Stephanye Mariano – ginecologista e mastologista; Dra. Renata Cangussu, oncologista especializada em câncer de mama e ginecológico; Enf. Dra. Janaina Pinto Janini, enfermeira especializada em gênero e sexualidade.

29/10 – “Feira Rosa – Saúde da Mulher”

(Com verificação de pressão arterial, teste de glicose, orientação jurídica sobre os direitos da mulher frente ao câncer e exposição de produtos produzidos por ONGS ligadas à economia solidária)

31/10 – Beach soccer – “Futebol da Resistência”: Todas contra o Câncer”. Horário e local serão informados posteriormente.