Cultura e Lazer

Ajude o Museu Nacional a virar Lego e levantar recursos

Projeto de brasileiros pode transformar Museu Nacional em brinquedo da Lego. Vendas seriam revertidas em doações para a reconstrução. Saiba como ajudar

10 de janeiro de 2019
Projeto construído por publicitários brasileiros pode virar brinquedo da Lego

Compartilhe essa notícia em sua rede social:
Museu Nacional pode virar brinquedo
Projeto de publicitários brasileiros precisa de 10 mil curtidas para virar brinquedo

Uma iniciativa criativa dos publicitários Caio Gandolfi e Diego Ferrite pode ajudar a reerguer o Museu Nacional. A dupla reproduziu o prédio do museu em blocos da Lego e inscreveu o projeto em um concurso online da empresa. Se conquistar mais de 10 mil apoiadores, o brinquedo da Lego será lançado, e os royalties das vendas serão destinados à reconstrução do museu, destruído por um incêndio na noite de 2 de setembro do ano passado.

Possível brinquedo da Lego pode render doações ao Museu Nacional
Projeto construído por publicitários brasileiros pode virar brinquedo da Lego

O projeto está disponível no site da empresa dinamarquesa para consulta popular. Mais de 3 mil pessoas já manifestaram seu apoio. Para ajudar, basta acessar o linkcriar uma conta no site e clicar em “support” (apoiar, em português). O prazo para atingir os 10 mil apoiadores é de mais de 500 dias. Alguém tem alguma dúvida de que esse Lego já é um sucesso?

O DIÁRIO DO PORTO apoia e convida você a participar dessa campanha. O Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista era o maior da América Latina em história natural e antropológica. Sua destruição comoveu o mundo inteiro, mas ninguém foi preso nem responsabilizado criminalmente.

 


LEIA MAIS:

MAR tem oficinas de graça para a turminha de férias

CCBB mergulhará o público na DreamWorks

Criançada tem programão de férias no Museu do Amanhã


 

O museu ficava na residência da Família Real durante o Império, dentro da Quinta da Boa Vista, e guardava peças de diversas partes do mundo. Você pode ter uma pequena ideia na visita virtual do Google Arts.

O museu está vinculado ao Ministério da Educação. É a mais antiga instituição científica do Brasil, criada por D. João VI em 1818 e, inicialmente, sediado no Campo de Sant’Anna. Surgiu para atender aos interesses de promoção do progresso cultural e econômico no país.

 

O incêndio destruiu o Museu Nacional em 2 de setembro de 2018
O incêndio destruiu o Museu Nacional em 2 de setembro de 2018 (EBC)

Originalmente denominado de Museu Real, foi incorporado à Universidade do Brasil em 1946. Atualmente o Museu integra a estrutura acadêmica da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Alojar-se na antiga residência da Família Imperial brasileira a partir de 1892 deu ao Museu um status único. No palácio nasceu D. Pedro II e se realizou a 1ª Assembléia Constituinte Republicana.

 

 

Compartilhe essa notícia em sua rede social: