Aha uhu, o Oscar dos museus é nosso! | Diário do Porto


Museus

Aha uhu, o Oscar dos museus é nosso!

Museu do Amanhã vence concorrentes da Dinamarca e da Rússia e leva pela terceira vez o LCD Berlin Awards, agora na categoria de Melhor Experiência Digital

7 de abril de 2022

Ricardo Piquet recebe o LCD Berlin Awards em Berlim

Compartilhe essa notícia:


Não tem pra ninguém. O Museu do Amanhã já pode pedir música ao Fantástico. A principal atração turística do Porto Maravilha acaba de vencer pela terceira vez o LCD Berlin Awards, o Oscar dos museus. Levou o prêmio de Melhor Experiência Digital em Museus, que destaca o pioneirismo no ambiente digital.

A cerimônia foi na noite desta quinta-feira 7 em Berlim. A alegria do presidente, Ricardo Piquet, e de Alexandre Fernandes, diretor-presidente e curador de Inovação, que estiveram lá para receber o prêmio, é de lavar a alma depois de tantos revezes superados pelo Museu do Amanhã.

Depois das ameaças permanentes de descontinuidade de projetos na prefeitura de Marcelo Crivella, o equipamento sofreu as consequências de uma pandemia que matou mais de matou mais de 660 mil pessoas no Brasil e assolou a indústria criativa. Mas, sob o comando do Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG), deu a volta por cima e chegou à seleção final ao lado do Louisiana Museum of Modern Art, da Dinamarca, e do Garage Museum of Contemporary Art, da Rússia. 

“Este prêmio é o reconhecimento da dedicação e da conexão do Museu do Amanhã com o seu público, onde quer que ele esteja”, disse Ricardo Piquet. Ele lembrou que, na pandemia, o museu ampliou sua presença digital em velocidade recorde e ofereceu conteúdos de qualidade “para informar, fazer refletir e incentivar as transformações que queremos para o amanhã”.

Museu do Amanhã visto do MAR (Foto Aziz Filho)

“Mesmo agora, depois do retorno ao presencial, nós mantivemos esse olhar atento para o conteúdo digital e nossa forma de alcançar pessoas de todo o país”, conta o presidente.  

O Museu do Amanhã foi reconhecido na categoria “Melhor Experiência Digital em Museus” exatamente por sua estratégia digital em 2021 e pelo engajamento de público na internet. Em um ano, produziu mais de 80 horas de programação digital, criou projetos para debater as origens e consequências do coronavírus – além de uma mostra temporária sobre o tema, com tour virtual disponível no Google Arts & Culture – e ajudou o público a projetar novos futuros, a partir de novos paradigmas de convivência.

O canal no YouTube quadruplicou de tamanho: cresceu 331% entre março de 2020 e dezembro de 2021. No ano passado, foram mais de 150 mil visualizações, 63% a mais em relação a 2020. No Instagram, alcançou mais de 2 milhões de pessoas e atraiu 50 mil novos seguidores por meio de uma publicação sobre a vacina da Covid-19.

LCD Berlin Award

O Museu do Amanhã foi inaugurado em dezembro de 2015. No ano seguinte, ganhou o primeiro LCD Award como “Melhor Museu do Ano da América do Sul e Central”. Em 2018, foi na categoria de “Melhor Organização Cultural do Ano para promoção de ‘Soft Power’”, expressão usada na teoria das relações internacionais para descrever a habilidade de influenciar indiretamente o comportamento ou interesses da sociedade por meios culturais. 

O Leading Culture Destinations Award é  o maior prêmio internacional concedido a instituições, organizações artísticas e cidades que se tornaram destinos culturais. Esta é a sétima edição da premiação que, em parceria com o visitBerlin, tem como objetivo valorizar os destinos que têm sido pioneiros na maneira como se vivencia a cultura e as viagens atualmente.


LEIA TAMBÉM:

MSC Prezioza se despede e Píer Mauá abre para eventos

Arlindo Rodrigues é sabiá na Imperatriz Leopoldinense

Vassouras retoma projeto “Visita nas Fazendas “


/