Águas do Rio inicia projeto social em Maricá | Diário do Porto


Saneamento

Águas do Rio inicia projeto social em Maricá

O objetivo do programa Afluentes é estabelecer um canal de comunicação contínuo e direto entre a Águas do Rio e as lideranças comunitárias da cidade

25 de dezembro de 2021

Sérgio Braga, diretor da Águas do Rio na Região Leste do Estado, ouve reinvindicações de lideranças comunitárias de Maricá (divulgação/Águas do Rio)

Compartilhe essa notícia:


10A cidade de Maricá, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, já conta com o programa Afluentes, iniciativa que busca estabelecer um canal direto de comunicação entre a população e a Águas do Rio, nova concessionária responsável pela distribuição de água tratada no município. No dia 22 aconteceu a primeira reunião com as lideranças comunitárias na loja de atendimento da empresa na cidade. A empresa quer ouvir a população para entender quais são as suas necessidades mais urgentes.

Aproximadamente 25 lideranças participaram deste primeiro encontro, que contou com a presença do diretor-superintendente da Águas do Rio na região leste do estado, Sérgio Braga. Ele apresentou os planos de investimentos em Maricá e tirou dúvidas dos presentes. “Estão em andamento os diagnósticos estruturais e de processos para garantir a confiabilidade da operação e qualidade do abastecimento na cidade e região. Temos certeza de que vamos mudar, para melhor, a vida da população”, disse o diretor.

Diálogo direto entre comunidade e Águas do Rio

Representante da Associação de Moradores e Amigos de Santa Paula (AMASP), Anna Maria Quintanilha acredita no sucesso da iniciativa. “Nós conhecemos as nossas dificuldades diárias e acredito que juntos podemos contribuir para o benefício de todos os moradores da região”, ressalta Anna.

Misael dos Santos, presidente da Nova (União da Associação de Moradores de Maricá), foi a reunião para esclarecer suas dúvidas e saiu de lá otimista com o que viu.  “Ficou claro nesta reunião o desafio que a Águas do Rio vai enfrentar para sanar os problemas históricos de água na região. As coisas já estão sendo feitas e a criação deste canal de comunicação é uma ótima iniciativa”, ressaltou o líder comunitário.


LEIA TAMBÉM:

Bichos do BioParque têm “banquete natalino”

Caro Papai Noel…

Alerj pede que TCU anule edital do Santos Dumont

 


/