Adnet leva a Maricá seu samba para João Saldanha | Diário do Porto


Carnaval 2022

Adnet leva a Maricá seu samba para João Saldanha

Prefeito Fabiano Horta recebe o humorista para falar de seu samba em homenagem a João Saldanha para a escola Botafogo Samba Clube

12 de abril de 2022

Adnet e prefeito Fabiano Horta se encontram por João Saldanha

Compartilhe essa notícia:


O prefeito de Maricá, Fabiano Horta, recebeu nesta terça-feira 12 o sambista Marcelo Adnet. Sim, é ele mesmo: humorista, ator, apresentador e, mais recentemente, sambista dos bons. Ele foi a Maricá apresentar o samba-enredo da Escola Botafogo Samba Clube, que contará a história de João Saldanha (1917– 1990), ex-jogador e dirigente do clube, além de militante político, jornalista, escritor e treinador de futebol. Saldanha escolheu Maricá para viver parte de sua vida, como fez Darcy Ribeiro, outro expoente da esquerda no Brasil.

O enredo Um apaixonado pela verdade, caminhando em nuvens de ilusão” faz alusão ao livro João Saldanha: uma vida em jogo, do jornalista André Iki Siqueira. Mostra a luta de Saldanha pela liberdade de expressão e contra a opressão da ditadura militar.

“Esse legado vivo de figuras como João Saldanha precisa estar na alma do brasileiro em um momento tão importante em que o combate a qualquer forma de autoritarismo deve habitar o coração e o senso comum de todos os brasileiros. Desejamos a eles sucesso nessa empreitada e ficamos muito felizes pela figura que ele representa para o Brasil”, afirmou o prefeito.

Série Prata

Fundada em julho de 2018 e filiada à Superliga, a Botafogo Samba Clube disputa a Série Prata, terceira divisão do Carnaval, abaixo do Grupo de Acesso, que desfila na Sapucaí. Adnet falou da ligação de Saldanha com Maricá, onde ele tinha casa de veraneio.

“Muitas de suas ideias nasceram aqui, então, esse projeto tem uma conexão com Maricá e foi isso que nos trouxe até aqui”, disse Adnet. No ano passado, ele ficou entre os finalistas na disputa pela escolha do samba-enredo da Grêmio Recreativo União de Maricá. 

João Saldanha

Filiado ao Partido Comunista Brasileiro (PCB), João Saldanha foi secretário-geral da União da Juventude Comunista. Na ditadura militar, foi fichado e mantido preso no Departamento de Ordem Política e Social (Dops). Uma avenida na Barra de Maricá leva seu nome.

Livro João Saldanha uma vida em jogo
Livro João Saldanha, uma vida em jogo, inspirou o samba

Ele também mereceu uma estátua na cidade, ao lado da cantora Maysa Matarazzo, do jornalista Antônio Calado e de Darcy Ribeiro, personalidades que tiveram relação direta com a cidade. A escultura se chama “Mesa dos Imortais” e está montada sobre o Canal da Cidade.

No futebol, Saldanha jogou no Botafogo e conquistou o Campeonato Carioca de 1957, com um time histórico de Garrincha, Didi e Nilton Santos. O Botafogo goleou o Fluminense por 6 a 2 na final do campeonato daquele ano e garantiu o título.

 


/