A Noite recebe ofertas no Feirão de Imóveis da União | Diário do Porto


Imóveis

A Noite recebe ofertas no Feirão de Imóveis da União

Histórico edifício da Praça Mauá recebe duas ofertas no Feirão de Imóveis da União. Prédios do Centro e Porto também recebem propostas

20 de setembro de 2021

Edifício A Noite recebeu duas ofertas no novo leilão de imóveis da União (divulgação)

Compartilhe essa notícia:


Segundo reportagem de O Globo, o edifício A Noite, o gigante degradado da Praça Mauá, recebeu duas ofertas de compra no Feirão de Imóveis da União lançado no final do mês passado. O valor das propostas e o nome dos interessados não foram revelados. O preço de referência do prédio estipulado pelo Ministério da Economia é de R$ 83,4 milhões. É o imóvel mais bem avaliado da lista de bens da União colocados à disposição no certame.

É a terceira vez que o governo tenta se desfazer do histórico edifício, o primeiro arranha-céus da América Latina e antigo endereço da Rádio Nacional. Mas agora tudo indica que a venda finalmente será concretizada. O Feirão inaugurou uma nova modalidade de venda de bens da União. Com a Proposta de Aquisição de Imóveis (PAI), o comprador é que determina o valor que está disposto a pagar pelo bem por meio de um laudo que será avaliado e aceito, ou não, pelo Governo. Se o documento for validado, o responsável tem a preferência de compra daquele imóvel e pode dar o primeiro lance por ele.

Ficha cadastral do Edifício A Noite no site do Feirão de Imóveis da União (reprodução/SPU)

LEIA TAMBÉM:

Feira de São Cristóvão completa 76 anos

Privatização do Santos Dumont é acelerada pelo Governo

Navegação 4.0 é o futuro da marinha comercial


Ilha de Santa Bárbara na mira de investidores

Além de A Noite, outros imóveis do Centro e da Região Portuária receberam ofertas. São eles a antiga sede da Rede Ferroviária Federal, na Praça Procópio Ferreira; os prédios dos números 145 ao 159 da avenida Venezuela, na Saúde, e a Ilha de Santa Bárbara, na Baía Guanabara na altura do AquaRio e da Rio Star. Mesmo não estando na lista inicial de bens colocados à venda no Feirão, a ilha, avaliada em R$ 3,75 milhões, recebeu duas propostas. Os valores e os nomes dos potenciais compradores também não foram divulgados. Há projetos para a instalação de cassinos em ilhas na Baía. Mas antes o jogo precisa ser legalizado.


/