Música

10 eventos pra curtir o feriado no Rio

O centro do Rio vai ferver entre os feriados da Proclamação da República e da Consciência Negra. Confira a programação dos eventos

15 de novembro de 2018
O Cortejo da Tia Ciata vai é tradição do Dia da Consciência Negra (Foto: Divulgação)

Compartilhe essa notícia em sua rede social:

Não deu para viajar no feriadão? Zero motivo zero para desanimar. A região central do Rio de Janeiro está cheia de atividades pra comemorar e aproveitar ao máximo o super feriadão. O DIÁRIO DO PORTO fez uma seleção de eventos que acontecem de quinta a terça-feira pra ninguém ficar de fora.

TRANSPORTE

O VLT vai rodar bastante nesses dias. São muitos os eventos na região central da cidade unindo os feriados da Proclamação da República e da Consciência Negra. A circulação nas linhas 1 e 2 será normal, com intervalos entre 10 e 20 minutos.

Para começar, o fluxo deve ser bem maior na Rodoviária Novo Rio e no Aeroporto Santos Dumont, as estações terminais do VLT. Além disso, o que não falta é motivo para cariocas e visitantes correrem para o centro da cidade e o Porto Maravilha.

EXPOSIÇÕES

Museu Nacional de Belas Artes

Vale por dois programas. Bons programas. O museu está com a mostra “São Francisco na Arte dos Mestres Italianos”. São 20 trabalhos do séculos XV ao XVII inspirados no religioso.

O MNBA apresenta também “Arte Aproxima”. Nela, grandes artistas dialogando com pinturas emblemáticas do acervo do museu, como “A Primeira Missa” (1948), de Cândido Portinari (1903-1962). A exposição tem classificação livre e será complementada com a participação do público. Os artistas expositores e educadores estarão presentes. Os trabalhos criados pelo público ao longo da mostra, através das atividades propostas, ficarão expostos, integrando-se às obras existentes.

A Primeira Missa, de Cândido Portinari, está em exposição no Museu Nacional de Belas Artes (Foto: Reprodução)
A Primeira Missa, de Cândido Portinari, está em exposição no Museu Nacional de Belas Artes (Foto: Reprodução)

Palácio Tiradentes

Na região da Praça XV, o Palácio Tiradentes, sede da Alerj, exibe “Crônica de uma cidade amada”. A mostra reúne 60 fotografias da Cidade Maravilhosa feitas pelo fotógrafo Luiz Teixeira Mendes. A visão misteriosa e peculiar que ele tem do Rio é o personagem principal da exposição.

CCBB

Na Candelária, o Centro Cultural Banco do Brasil ainda bomba com a mostra Jean-Michel Basquiat. Afinal, são 80 peças do badaladíssimo artista novaiorquino, entre quadros, desenhos e gravuras.

MAR

O Museu de Arte do Rio inaugura a exposição “Mulheres na Coleção MAR”. A exposição, que tem Tarsila do Amaral entre as artistas, começará na sexta, 16.  A abertura dialoga com o Festival Mulheres do Mundo. A curadoria foi realizada de forma colaborativa, envolvendo cerca de 30 mulheres de todos os setores do museu. Participaram seguranças, recepcionistas, produtoras, auxiliares administrativas e de serviços gerais, advogadas, jornalistas, designers, museólogas e gestoras. Para mais informações, acesse aqui.

Museu do Amanhã

Exposição ‘Ofisuka 2068 – Imaginando um Futuro do Trabalho’ convida os visitantes a descobrir um futuro possível para a vida profissional 50 anos adiante. Esse futuro, em particular, foi imaginado por designers do Instituto Europeo di Design (IED), pela equipe do Laboratório de Atividades do Amanhã | LAA e por jovens.

Na exposição, o visitante se depara com uma grande Ofisuka (palavra que significa escritório-casa em japonês), ambiente versátil que mescla trabalho e convívio de forma colaborativa. Em contraponto à tendência de virtualização, a Ofisuka é um espaço de trabalho para onde as pessoas poderão se mudar por temporadas para desenvolver projetos, obras ou empreendimentos específicos.

Vai até 31 de dezembro, mas não custa lembrar.

 

FESTIVAIS

Mulheres do mundo

Festival Mulheres do Mundo reúne artistas, ativistas e empreendedoras feministas (Foto: Divulgação)
Festival Mulheres do Mundo reúne artistas, ativistas e empreendedoras feministas (Foto: Divulgação)

Mulheres de vários continentes vão tomar o Boulevard Olímpico. Entre sexta 16 e domingo 18, o “Festival Mulheres do Mundo”, chega pela primeira vez à América Latina. Serão mais de 150 atividades gratuitas na Praça Mauá. Elza Soares e Letrux integram a programação com shows gratuitos na sexta.

No sábado, as cantoras Karol Konká e Flora Matos dão continuidade às apresentações. Além disso, haverá rodas de conversa, oficinas, programação artística e cultural durante os três dias. Acesse aqui para conferir a programação completa.

Festival Global Cultural de Povos Tradicionais – Africanos e Afro-diaspóricos

Festival celebra liberdade religiosa, tolerância e diversidade (Foto: divulgação)
Festival celebra liberdade religiosa, tolerância e diversidade (Foto: divulgação)

O festival acontecerá nos dias 19, 20 e 21 no IFCS/UFRJ, no Arquivo Nacional, na UNIRIO e no Teatro João Caetano. O objetivo é proporcionar uma maior integração em defesa da liberdade religiosa, da tolerância, diversidades e pluralidades culturais, religiosas e espirituais. Confira a programação completa aqui.

Rio Music Week

Na reta final do feriado terá início a Rio Music Week, que acontece até o dia 30. O evento reúne 20 palcos do Rio em um festival com mais de 60 artistas para a primeira edição do Midem Latin American Forum, encontro internacional de negócios de música que é realizado na França há mais de 50 anos. Entre os artistas estão Stanley Jordan, Liniker e os Caramelows com Anelis Assumpção, Sandra de Sá, Black Alien, Scatolove e Ana Costa. Entre os palcos participantes estão o Circo Voador, a Audio Rebel, o Teatro Odisseia, o Blue Note Rio, o Beco das Garrafas e outros.

Para mais informações do Midem Latin American Forum, acesse aqui. Para o festival, confira a programação completa e informações sobre ingressos e descontos aqui.

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Arte, música e ativismo:  Grupo Scenarium 

Panmela Castro pintando seu mural, que inaugura no Dia da Consciência Negra (Foto: Renata Anchieta)
Panmela Castro pintando seu mural, que inaugura no Dia da Consciência Negra (Foto: Renata Anchieta)

No dia 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra, a grafiteira e militante do feminismo negro Panmela Castro, em parceria com o Grupo Scenarium, inaugura seu novo mural na rua do Lavradio, na Lapa. Com aproximadamente 500 metros quadrados, a arte foi inspirada na luta das mulheres negras. O desenho recebeu o título de “Dororidade“.

O lançamento vai contar com a exposição AfroGrafiteiras, que reúne mais de 50 obras criadas pelas artistas participantes do projeto de mesmo nome, na Galeria Scenarium. Além disso, tem show de MC Carol, que é madrinha do mural, e apresentações de Andréa Bak, AINÁ, DJ TAMY e DJ Kenya. O evento é gratuito e começa às 16h.

Cortejo da Tia Ciata

A Secretaria municipal de Cultura preparou algumas atividades para o feriado. Entre elas destaca-se o Cortejo da Tia Ciata, evento em homenagem ao símbolo da resistência cultural africana que acontece na terça, 10h. A escultura de Tia Ciata sai do Centro Municipal de Artes Calouste Gulbenkian acompanhada de dançarinos, tocadores, músicos e diversos artistas em direção à estátua de Zumbi.

O Cortejo da Tia Ciata vai é tradição do Dia da Consciência Negra (Foto: Divulgação)
O Cortejo da Tia Ciata é tradição do Dia da Consciência Negra (Foto: Divulgação)

Vale uma esticada às 13h ao Terreirão do Samba, que também fará sua homenagem no evento “Terreirão – Consciência e Resistência”. A proposta é revitalizar os valores culturais afro-brasileiros. Haverá expositores de moda, artesanato, música, literatura, culinária e arte. Para animar o público, além de desfile de moda afro, haverá apresentações de grupos de samba de raiz, funks tradicionais e baile charme.

 

Compartilhe essa notícia em sua rede social: